Notícias



06/11/2018
Exportação de café dispara e balança comercial capixaba registra saldo positivo



Exportação de café dispara e balança comercial capixaba registra saldo positivo

Após três anos de quedas e incertezas na produção, o café do Espírito Santo voltou a ser competitivo no mercado internacional. De acordo com dados divulgados pelo Sindiex, de janeiro a setembro de 2018 as exportações do produto tiveram alta de 59% se comparado com o mesmo período do ano anterior.

De acordo com o presidente do Centro do Comércio de Café de Vitória, Jorge Nicchio, dois fatores principais explicam a retomada das exportações: aumento da produção no Estado e desvalorização do real frente ao dólar. “Após três anos de seca, tivemos um ano com chuvas mais regulares, o que nos rendeu uma boa produção. Além disso, a desvalorização do real faz com que o café capixaba se torne mais competitivo no mercado internacional”, ressaltou.

O minério de ferro também teve saldo positivo, com crescimento de 31% e somando US$ 1,9 bilhão de janeiro a setembro deste ano. Por outro lado, petróleo, celulose e semimanufaturados de ferro e aço apresentaram desempenhos negativos no período analisado, com quedas de 5%, 13% e 23% respectivamente. As exportações capixabas apresentaram um aumento de 3% em relação ao ano passado.

Já as importações capixabas mantiveram a retomada de crescimento apresentada ao longo deste ano, com aumento de 13% de janeiro a setembro de 2018 em relação ao mesmo período em 2017. Os principais produtos que contribuíram com essa elevação foram automóveis (+ 75%), equipamentos eletrônicos para telefone (+ 54%) e aeronaves (+ 6%).

O presidente do Sindiex, Marcilio Machado, ressaltou a importância da importação de automóveis na pauta do comércio exterior capixaba. “Estamos otimistas com os indicativos de melhora para o setor este ano. Quando a atividade econômica aquece, há um aumento da demanda por máquinas, equipamentos e insumos importados”, pontuou.






Outras Notícias: