Notícias



13/09/2018
Segue estagnada a participação das exportações nas vendas da indústria



Segue estagnada a participação das exportações nas vendas da indústria

No período de 12 meses, encerrado em junho, as exportações representaram 15,7% das vendas da indústria. Essa parcela segue estagnada desde 2016, após marcar avanços no começo da década. É o que indica um estudo divulgado na última quarta-feira (12/09) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

A baixa participação internacional diminui a competitividade do setor, além de reduzir o valor agregado da pauta de exportação. Sobre a participação dos importados no consumo brasileiro, no mesmo período, avançou para 17,5%, depois de ficar em 17,1%, em 2017.

As exportações, na comparação com o ano passado, teve suas maiores quedas nos segmentos de metalurgia, veículos automotores, alimentos e farmacêuticos, enquanto o setor de máquinas e equipamentos manteve crescimento desde 2015. Sobre as importações, foi registrado aumento na maior parte dos setores, com exceção de apenas dois setores: o de derivados de petróleo e biocombustíveis e o de equipamentos de informática e produtos eletrônicos, que tiveram diminuição na importação.

Fonte: Diário do Comércio e Indústria - DCI





Outras Notícias: